Vistos aprovados! Um guia para aplicação online de Study Permit e Open Work Permit canadense

Atenção: Esse post contém informações referentes à nossa prória experiência de aplicação de Study Permit e Open Work Permit canadense em 2018. Algumas informações podem ter mudado, use esse post apenas como base. Boa sorte e qualquer coisa, manda nos comentários! 


Recebemos nossos Vistos! Após a escolha da instituição (veja nesse post) e a minha aceitação no Sheridan College (expliquei como aqui), o próximo e mais “difícil” passo no processo de mudança para o Canadá até agora foi a aprovação do meu Study Permit e o Open Work Permit do Ricardo. Digo difícil pela agonia de esperar uma resposta mesmo, porque a aplicação é super facilitada pelo governo canadense e nesse post quero te mostrar exatamente isso.

Fizemos todo o processo de separar e enviar a documentação sozinhos, sem contratação de consultorias e como existem muitas informações desencontradas por aí, vou explicar passo-a-passo como aplicamos e os documentos que mandamos para imigração canadense, resultando na nossa aprovação.


Obs: Cônjuge e filhos do aplicante principal (Study Permit) tem direito a um Open Work Permit para o cônjuge, Study Permit para filhos em idade escolar e Visitor para filhos fora da idade escolar.


#1 Pesquise

Tudo que você precisa saber sobre imigração para o Canadá e aplicação de vistos está no site do governo canadense, tudo mesmo! Então a primeira coisa a fazer é colocar o cursinho de inglês em dia e revirar o site todo. Caso não encontre o que procura, você pode entrar em contato por meio desse e-mail: SPALOIMMIGRATION@international.gc.ca. Eles costumam responder em até 48h e fica a dica: não adianta ligar, espere a resposta pelo e-mail que uma hora vem!

#2 Responda ao questionário

O questionário de elegibilidade é o primeiro passo para envio do seu pedido de visto. Nele o governo canadense te faz perguntas básicas com o intuito de saber se você realmente se encaixa no perfil para pedir o tipo de visto que você está querendo. Parece confuso? Assiste o vídeo que te mostro que é super simples!

A filmagem de tela não mostrou as opções de resposta, não sei porquê. Mas ao responder o questionário no site, você verá que não precisará escrever as respostas e sim escolher uma das disponíveis.


SAIBA MAIS SOBRE AS DESIGNED LEARNING INSTITUTIONS: Escolha um College ou Universidade no Canadá


#3 Checklist

Após responder todas as perguntas sobre sua elegibilidade, você é redirecionado para uma página com o checklist de todos os documentos necessários para sua aplicação online e também dos familiares que irão para o Canadá com você. Esses documentos variam de acordo com as perguntas respondidas, então preste muita atenção ao respondê-las, assim como na preparação dos documentos.


Você terá até um mês para anexar todos os documentos à sua aplicação e enviar, caso demore mais que isso para reunir tudo que você precisa, deverá responder ao questionário novamente.


Obs: Os documentos podem variar de acordo com o perfil do aplicante. Porém, os listados acima são mais comuns e foram os que nos pediram para enviar na nossa aplicação em maio de 2018.

#4 Criando seu Login

Para anexar seus documentos e criar a sua aplicação é necessário fazer o login, que é criado a partir do seu Personal Reference Code, aquele código que aparece logo em cima do seu checklist. No vídeo abaixo te mostro o passo-a-passo para criar seu login:

#5 Exames médicos

No período que aplicamos para nossos permits, os exames médicos não eram exigidos upfront, ou seja, você não mandava seus exames junto com os outros documentos, você deveria dar início à sua aplicação e esperar que governo canadense enviasse o pedido de exames médicos. Agora a exigência é que você já anexe o comprovante de exames junto com o restante da documentação. Por isso a resposta SIM no questionário a respeito dos exames, mesmo que você ainda não tenha feito, é necessário que marque a consulta e exames nesse primeiro momento.

Ainda não fiz meus exames, como proceder?

Os exames devem ser feitos por um médico cadastrado no site do governo canadense. Você deverá ligar para a clínica e informar que você quer marcar os exames UPFRONT. Após a realização, o médico fornecerá um comprovante com um código que você deverá anexar junto à sua aplicação online.


Obs: Os exames são localizados de acordo com o código presente nesse comprovante, você não terá acesso aos exames.


#6 Separando documentos

A partir do checklist, começamos a separar e anexar os documentos na nossa aplicação. Vou descrever cada um deles e os pontos onde surgiram mais dúvidas, que possivelmente serão as mesmas dúvidas de vocês.

Legenda: SP = Study Permit | OWP = Open Work Permit

Documentos Obrigatórios:

IMM1294 (SP)

Principal formulário para aplicações de Study Permit. Você deve preeencher todos os campos que aparecem em vermelho no formulário, que contém informações sobre seu perfil. Após o preenchimento, clique em VALIDATE e salve o arquivo, no IMM1294 não é necessária assinatura.

Principal dúvida: Na parte Details of Intend Study in Canada, eles perguntam sobre as informações do College (tenha sempre a atenção de colocar exatamente as mesmas informações que estão na sua Acceptance Letter) e também a quantidade de dinheiro disponível para a estadia (2 anos, no meu caso). Para isso você tem que fazer uma conta básica contabilizando a Tuition do seu college para o período de estudos + um valor mensal de gastos para esse mesmo período, mas SEMPRE respeitando o valor em conta que você está comprovando. Esse valor não pode ser maior que o valor que você está apresentando em conta, ok?

IMM1295 (OPW)

Principal formulário para aplicações de Open Work Permit. Você deve preeencher todos os campos que aparecem em vermelho no formulário, que contém informações sobre seu perfil e trabalho. Após o preenchimento, clique em VALIDATE e salve o arquivo, no IMM1295 não é necessária assinatura.

Principal dúvida: Em Background Information é perguntado se alguma vez você já aplicou para entrar ou permanecer no Canadá. Jamais omita essa informação, o Ricardo esteve no Canadá por um mês em 2012 e explicamos dessa forma no formulário:

APPLIED FOR CANADIAN TOURIST VISA IN 2012. PURPOSE OF TRAVEL: ENGLISH CLASSES. DURATION: 1 MONTH.

IMM5707 (SP + OWP)

Formulário de informações sobre a família. Preencha todos os campos, mesmo que a pessoa não a acompanhará nos seus estudos no Canadá. Imprima, assine e escaneie para anexar à sua aplicação.

IMM5713 (SP + OWP)

Esse formulário só será necessário se algum membro da sua família está indo com você para o Canadá. É um documento em que seu familiar te autoriza a representá-lo na aplicação online. Imprima, assine e escaneie para anexar à sua aplicação.


Obs: É necessário que você tenha um leitor de PDF como o Acrobat para que você possa responder aos formulários de imigração. Aconselho baixar a versão Pro do aplicativo, uma vez que todos os seus documentos precisarão ter até no máximo 4MB e com o aplicativo fica fácil reduzir tamanho de arquivos.


Letter of Acceptance – LOA (SP)

Carta do college com sua aceitação. Nela contém informações de início e término do seu curso, que os oficiais irão utilizar para o seu período de visto.

Police certificate (SP)

Declaração de antecedentes criminais tirada no site da Polícia Federal. Tire o seu aqui.

Passaporte atual (SP + OWP)

Cópia digital da página com foto + páginas carimbadas do passaporte atual. Atenção: O passaporte PRECISA ter validade superior ao seu período de estudos, com uma folga de no mínimo 6 meses. Ou seja, se seu curso é de 2 anos, seu passaporte precisa ter validade mínima de 2 anos e 6 meses.

Certidão de Casamento (SP)

Caso você seja casado, a certidão de casamento também é obrigatória. Não é necessário traduzir, apenas escaneie e anexe à sua aplicação.

Nosso casamento aconteceu no dia em que mandamos nossos documentos para imigração. Esse era um dos nossos “medos”, que eles achassem que era um casamento apenas para o Ricardo conseguir o Open Work Permit. Mas a verdade é que não sabíamos que casar era TÃO burocrático e no fim ficou tudo em cima da hora mesmo, mas agora posso assegurar, casar no mesmo dia de pedido do visto não influencia em nada haha

Comprovação financeira (SP)

Parte mais temida de toda a aplicação! O governo exige sim que você tenha uma grande quantia disponível para sua estadia no Canadá, e eles não estão errados, né? Por segurança, colocamos como sponsor meu pai (que também pode ser qualquer outro familiar, o importante é ter laços fortes com você), que se comprometia a pagar pelos meus estudos e nos manter lá por esse período e também o Ricardo assegurando que completaria a renda. Como fizemos isso? Não é tão difícil quanto parece, esses foram os documentos que anexamos:

  • Carta do sponsor (pai), contendo todos os números de documento dele e assegurando de que seria nosso responsável financeiro. (veja exemplo aqui)
  • Imposto de Renda do sponsor (pai)
  • Recibo do Imposto de Renda
  • Holerites dos últimos 4 meses do sponsor (pai)
  • Demonstrativo de Saldo e Investimentos assinado pelo gerente do banco do sponsor (pai)
  • Extrato mensal dos últimos 4 meses assinado pelo gerente do banco do sponsor (pai)
  • Carta do sponsor (Ricardo), contendo número de documentos e atestando apoiar financeiramente nas nossas despesas de estadia no Canadá (veja exemplo aqui)
  • Imposto de Renda do sponsor (Ricardo)
  • Recibo do Imposto de Renda
  • Declaração da empresa em que o Ricardo trabalha, atestando de que ele é colaborador desde 2007.
  • Holerites dos últimos 4 meses do sponsor (Ricardo)
  • Extrato de aplicações e demonstrativo de Saldo tirados pela internet

São muitos documentos e o importante é que eles estejam ORGANIZADOS. Juntei todos exatamente nessa ordem listada acima (usei o Acrobat Pro para isso, é só apertar com o botão direito do mouse e “combinar arquivos”). Achamos interessante colocar o Ricardo também como sponsor para dar mais credibilidade de que ele não iria apenas para acompanhar, mas também para contribuir com nossa estadia. Mas você pode usar apenas uma pessoa como sponsor, desde que o valor seja suficiente para cobrir seus gastos. Veja abaixo a tabela de comprovação financeira:

Purpose Of Travel (OWP)

É necessário que o seu membro da família comprove o motivo de ida para o Canadá. No nosso caso o Ricardo escreveu uma carta explicando as intenções do pedido de Open Work Permit dele, dizendo que além de me acompanhar, utilizaria essa experiência para seu próprio crescimento pessoal e profissional. Veja um exemplo aqui.

Digital Photo (SP + OWP)

Foto digital nos parâmetros especificados pelo governo canadense. Tiramos a foto com o celular mesmo e cortamos para ficar nas medidas necessárias. Utilizamos esse site aqui pra ver como seriam as especificações.

Documentos Opcionais:

Além dos documentos obrigatórios, você pode anexar documentos opcionais. Sempre tenha em mente que os oficiais analisam VÁRIAS aplicações no mesmo dia, então anexe somente o que você acha que realmente irá ajudar o oficial a compreender a sua aplicação, não envie documentos só pra “encher linguiça”. Abaixo os documentos que enviamos:

IMM5257 (SP + OWP)

Formulário com histórico de viagens dos últimos 5 anos. Você irá preencher todos os países para os quais você viajou no período de 5 anos. Se você nunca saiu do país, não é necessário preencher esse formulário.

Carta de intenção (SP)

Apesar de ser um documento opcional, a Carta de Intenção é IMPORTANTÍSSIMA. Não deixe de apresentar, já que é o único documento em que você pode “falar” com o oficial que está analisando sua aplicação. Aqui você deve explicar o motivo da sua viagem, o porquê da escolha do curso e como irá influenciar na sua carreira quando voltar ao Brasil. Lembre-se que você está aplicando para um visto TEMPORÁRIO e, mesmo que sua intenção seja imigrar futuramente, para esta aplicação você deve deixar claro que sua intenção é respeitar o período do seu visto e voltar ao seu país após o término dos seus estudos. Veja um exemplo de carta de intenção aqui.

Police certificate (OWP)

Certidão de antecedentes criminais do Ricardo. Já que não existia campo para anexar somente essa informação para o membro da família, anexamos aos documentos opcionais.

Passaportes anteriores (SP + OWP)

Eu e o Ricardo possuímos vistos americanos válidos, por isso, anexamos a cópia digital das folhas dos nossos passaportes anteriores nos documentos opcionais. Acreditamos que possuir um visto americano e um histórico anterior de viagens aumenta as chances de aprovação, mas existem sim pessoas que não tem visto americano que conseguiram os vistos para o Canadá. Digo e repito, o importante é ter documentos ORGANIZADOS, assim o oficial não fica “perdido” na sua aplicação nem achando que você está escondendo algo e as chances de ser aprovado aumentam.


Todos os nossos documentos foram enviados em PORTUGUÊS. Existia muita dúvida quanto a isso, mas após participar da EduExpo (veja o post aqui) e conversar com uma oficial da imigração presente no evento, tive a confirmação de que as aplicações enviadas daqui do Brasil, tanto em papel quanto online, seriam avaliadas pelo consulado canadense do Brasil, não sendo necessário traduzir os documentos.

Obs: Os documentos tem que ter no máximo 4MB e cada campo aceita apenas 1 PDF. Então se o documento tem mais de uma página, você deve combiná-las.


#7 Pagamento das Taxas

Chegou a hora de enviar sua aplicação e, consequentemente, pagar as taxas referentes ao seu visto. Sempre verifique se as taxas correspondem ao seu tipo de visto, por exemplo, para o Study Permit e Open Work Permit estarão listadas as 3 taxas abaixo, se estiver tudo certo, utilize seu cartão para pagar e pronto, sua aplicação está enviada!

#8 Solicitação dos passaportes

Após quase 7 semanas de processo, nosso visto foi aprovado e nossos passaportes foram solicitados pelo governo canadense. Essas atualizações acontecem no seu login pelo site do CIC, a cada atualização você recebe um e-mail avisando que houve movimentação no seu processo. Os passaportes devem ser enviados ao VSF.GLOBAL que é um escritório que trabalha para o governo canadense. Você pode ver aqui os escritórios disponíveis no Brasil para envio ou entrega pessoalmente do seu passaporte.

Você deverá enviar um envelope contendo:

  • Carta de solicitação enviada pelo governo canadense (estará disponível para download no seu login após seu visto ser aprovado)
  • Suas informações de contato, incluindo seu e-mail, número de telefone e endereço de retorno. Escrevi uma carta solicitando que os dois passaportes fossem enviados para meu endereço.
  • Duas Vias do Formulário de Consentimento CVAC. Veja aqui
  • Comprovante de pagamento das taxas de serviço do Centro de solicitações de visto (CVAC) aplicáveis. Veja aqui a tabela de taxas

Obs: Para o envio de passaportes por correio são aplicadas as taxas: Serviço de transmissão segura de passaporte para o Consulado Canadense e Courier de acordo com a zona escolhida. Veja mais informações nesse link.


#9 Timeline

Após o envio de todos os documentos vem a pior parte, a espera! Você pode ver a média de quanto tempo estão demorando as aplicações no próprio site do CIC, nesse link aqui. Mas é só uma estimativa, alguns processos demoram mais, outros menos. Para conter minha ansiedade, procurei pessoas que estavam passando pela mesma situação e encontrei esse grupo no facebook que ajudou bastante: Esperando o CIC. Lá encontrei pessoas que postavam a timeline do processo de pedido de visto, ai ficava fácil acompanhar se já estava quase na “nossa vez”. Olha só a nossa timeline:


EDIT (18/07/2018): Como não sabemos tudo, não é mesmo? Fiquei sabendo que enquanto você está no Brasil, o que você recebe estampado no seu passaporte é o seu VISTO juntamente com uma carta que dá direito ao PERMIT, que você receberá apenas na hora de passar pela imigração no aeroporto, no Canadá. E eu achando que era a mesma coisa com um nome diferente, NÃO É. haha Thanxxx Camila Herrmann pelo toque!


Viu? Não é tão complicado assim aplicar para o visto canadense por conta própria! Me conta, esse post te ajudou?

PIN IT!

85 Comentários

  1. Juliano
    17 de julho de 2018 / 23:54

    Muito legal, Laura! Ficou muito bem explicado
    Parabéns e boa sorte no Canadá!

    • Laura
      Autor
      18 de julho de 2018 / 10:29

      Muito obrigada! Aos poucos vou postando mais sobre a vida lá 🙂

  2. 18 de julho de 2018 / 02:54

    Laura, thanks! And thanks for sharing your great posts every week!

  3. Amanda
    21 de julho de 2018 / 21:26

    Muito legal seus posts Laura, deu uma ! Eu estou pensando em aplicar para o próximo ano, mas a única questão é que eu moro na Irlanda . Ai não sei se é o mesmo tipo de aplicação de que se eu estivesse no Brasil. Tenho que passar a saber disso. Obrigada

    • Laura
      Autor
      22 de julho de 2018 / 16:16

      Oi amanda!! Você pode procurar mais certinho no site do cic, mas acho que a única diferença seria que seus documentos seriam avaliados por oficiais da Irlanda, sendo necessários enviar seus documentos em inglês.

  4. Marcelo
    25 de julho de 2018 / 15:30

    Parabéns pelo post Laura, perfeito!
    Sucesso e boa viagem!

    • Laura
      Autor
      26 de julho de 2018 / 13:04

      Muito obrigada, Marcelo! Em breve postarei mais sobre a vida no Canadá.

  5. Vander Mauro
    5 de janeiro de 2019 / 17:11

    Que post sensacional, parabéns pelos detalhes apresentados. Estava em dúvida se fazia sozinho ou com alguma assessoria, mas você mostrou que posso fazer tranquilo. Muito bom e obrigado!

    • Laura
      Autor
      17 de janeiro de 2019 / 14:04

      Obrigada pelo feedback, Vander! Realmente o governo canadense facilita MUITO para aplicar por conta própria. E nenhuma agência vai ter tanto interesse na sua aprovação quanto você mesmo, não é?

  6. Caroline Morgado
    6 de janeiro de 2019 / 14:53

    Muito esclarecedor o seu texto Laura! Parabéns!

    O seu study permit veio com o registro que você teria o work permit para 20 horas semanais off-campus? Ou você teve que fazer uma aplicação a parte?

    O owp do seu marido você aplicou em conjunto com o seu study permit pelo o que eu entendi..correto?

    • Laura
      Autor
      17 de janeiro de 2019 / 14:02

      Oi Caroline! O Study Permit já vem com a observação que você pode trabalhar 20h semanais e 40h durante o summer break. Agora, se o seu curso precisa de coop (que normalmente é um ano sem aulas, somente trabalhando) ai sim você vai precisar de uma autorização à parte. O OWP do meu marido eu apliquei junto com o meu sim.

  7. Humberto Junior
    10 de janeiro de 2019 / 15:25

    Parabens pelo post e pelas informações Laura, muito organizado e claro. Só fiquei com uma duvida, o Sudy Permit é uma permissão de estudos ou já é o visto? Pergunto pois estes dias li no site canadense “Study Permit is not a Visa”. Tenho que tirar o eTa tambem neste caso (ja tenho visto americano valido)? Obrigado!

    • Laura
      Autor
      17 de janeiro de 2019 / 14:00

      Oi Humberto! Obrigada pelo feedback! Então, o visto você vai receber ainda no Brasil durante o processo de pedido de Study Permit. Quando você manda seu passaporte para o VAC ele volta com um papel colado, esse é seu VISTO. Ai quando você chega no Canadá você deve apresentar seus documentos para um oficial de imigração no aeroporto, ele vai te entregar um papel que é seu STUDY PERMIT. Então não e necessário pedir o eTa. Espero ter ajudado 🙂

  8. Clenia Silva Ferreira
    11 de fevereiro de 2019 / 00:06

    Apliquei sozinha a solicitação para meu study permit e de meus filhos que irão me acompanhar. Este post me ajudou muito nas orientações. Excelente!!! Como minha carta de aceitação é com condicional pois farei 4 meses de Pathway, gostaria de saber como funciona para depois eu solicitar o work permit para meu esposo que só irá depois que eu terminar o curso de inglês. Obrigada!

    • Laura
      Autor
      28 de março de 2019 / 11:50

      Oi Clenia! Isso eu não sei te informar 🙁 Acredito que de alguma forma você deve linkar o pedido de work permit ao seu study permit. Aconselho você a mardar um email para o consulado canadense, eu mandei quando tinha dúvidas e eles respondem em até 2 dias. Obrigada pelo feedback!

    • Gabriela
      4 de abril de 2019 / 13:17

      Oi Clenia, eu também fiz minha aplicação sozinha e estou com medo de ter preenchido o formulário errado. No campo com dados da instituição coloquei as informações do College e não do Pathway. Como vc preencheu esse campo?

  9. Jaina Primo
    27 de março de 2019 / 23:09

    Laura, muito obrigada!
    Foi de grande ajuda seu post! Eu estava morta de nervosa de fazer tudo sozinha e principalmente sobre a comprovação financeira.
    Vc me deu uma luz no momento certo!

    Tudo de bom pra vcs!
    Até breve!

    • Laura
      Autor
      28 de março de 2019 / 11:51

      Oi Jaina! Fico muito feliz pelo seu comentário! Era esse mesmo meu propósito criando o blog! Muito obrigada 🙂

  10. Clenia Silva Ferreira
    28 de março de 2019 / 19:48

    Inspirada e orientada por este post, fiz a aplicação do meu study permit sozinha dia 22/01/19. Ontem, depois de uma longa e ansiosa espera, recebi meu passaporte e de meus filhos com o study permit aprovado! Muito obrigada, Laura, por compartilhar sua experiência!

    • Laura
      Autor
      11 de abril de 2019 / 12:33

      Amei saber isso! Muito obrigada por compartilhar, Clenia!

  11. CLENIA SILVA FERREIRA
    28 de março de 2019 / 19:50

    E mais um detalhe para completar. Eu não tinha a comprovação financeira. Apenas informei que tinha um apartamento e um veículo que iria vender. Além da declaração de imposto de renda e comprovação financeira de meu esposo.

  12. Sandro
    1 de abril de 2019 / 05:10

    Caramba nunca tinha visto Uma dica de aplicação para visto tão bem explicada parabéns.
    Na aplicação online vocês tem que traduzir algum documento ?

    • Laura
      Autor
      12 de abril de 2019 / 00:10

      Oi Sandro! Muito obrigada, fico feliz que gostou! Se você está aplicando do Brasil o seu processo será analisado no consulado do Canadá no Brasil, ai não é necessário traduzir os documentos.

      • Sani
        17 de dezembro de 2019 / 20:42

        Laura, também amei suas explicações. Mas quando você se refere a “aplicar do Brasil” é online mesmo? ou em papel?
        Onde tem essa informação que o consulado do Canadá no Brasil é que analisa? Eu sei que o seu deu certo, mas morro de medo de ter que pagar novamente a taxa para mim e meu esposo.

        • Laura
          Autor
          9 de janeiro de 2020 / 12:19

          Oi Sani, online mesmo. Quem me passou essa informação foi uma oficial de imigração em uma feira de intercambio que fui enquanto estava no processo de escolher meu college. Espero ter ajudado, beijos

  13. Maria Mattar
    1 de abril de 2019 / 13:36

    Oi, Laura! Tudo bem?
    Primeiramente, gostaria de agradecer por esse post maravilhoso que está ajudando tanta gente!

    Eu gostaria de tirar umas dúvidas, se possível.
    Na minha aplicação, nos documentos obrigatórios solicitados pelo CIC, não foi pedido o Certificado de Antecedentes Criminais. Para a aplicação de vocês foi obrigatória a apresentação do mesmo?

    Agora, outra questão que está me tirando o sono. hahahah…
    Eu estou com dúvida em relação a onde anexar o os documentos “extras” no momento de fazer upload no site do CIC.
    Por exemplo, tenho passaportes antigos com vistos que vou anexar à minha aplicação. Devo anexar os pdfs dos passaportes antigos ao campo de Passaporte juntamente com o meu atual passaporte, ou deve anexar à área destinada a documentos opcionais?

    Muito obrigada!
    bjs

    • Laura
      Autor
      12 de abril de 2019 / 00:09

      Oi Maria! Na nossa aplicação foi solicitado pra mim, pro dependente não. Porém anexamos mesmo assim nos opcionais.
      Anexe seu passaporte antigo nos docs opcionais. Você deve fazer um único PDF com todos os documentos que você quer colocar como opcionais, mas não esqueça de deixar tud bem organizadinho!
      Espero ter ajudado! 🙂

  14. Julia
    9 de abril de 2019 / 17:50

    Pretendo aplicar também online porém estou na Alemanha no momento, se eu aplicar daqui posso escrever em português também? Sendo que vou no medico aqui também. Ou apenas posso fazer isso se fizer diretamente do Brasil? Ou posso aplicar pelo Brasil e fazer só o médico aqui?

    • Laura
      Autor
      11 de abril de 2019 / 12:33

      Oi Julia. Se você está aplicando de fora do Brasil você deve traduzir todos os seus docs para inglês mesmo. Somente para aplicações feitas no Brasil (mesmo que online) podem ser mandados documentos em Português. Provavelmente seu processo será avaliado pelo consulado canadense na Alemanha.

  15. Jânio Jr
    15 de abril de 2019 / 15:12

    Olá Laura, muito obrigado por informações tão detalhadas e valiosas. Estarei iniciando um processo igual ao seu e do seu esposo. No meu caso eu irei estudar e minha esposa trabalhar.
    Tenho lido vários posts, vistos vídeos, sites etc e me surgiu uma duvida. Eu acredito que eu e minha esposa teremos que fazer o exame médico com um médico credenciado e a partir de 2019, ouvi que é necessário a biometria. Eu moro em Natal e sei que em Recife tem uma unidade do CVAC. Minha duvida é com relação ao agendamento do exame médico e biometria. O governo solicita que a gente faça antes de aplicar para o visto, ou durante a análise de nossos documentos, recebemos atualizações de que devemos agendar e fazer o exame e biometria? Vc sabe informar?

    • Laura
      Autor
      24 de abril de 2019 / 23:20

      Oi Jânio! Então, fiquei sabendo a pouco que agora estão exigindo biometria também dos brasileiros. Pelo que li no site da imigração, você deverá fazer a aplicação, pagar a taxa referente a biometria e esperar uma carta do governo canadense te dizendo o que fazer. Quanto ao exame médico, você deve marcar a consulta previamente à sua aplicação com o médico credenciado, o nosso caso não era exigido antes, era marcado durante o processo, mas agora eles fazem essa exigência. Eu te aconselharia a dar uma ligada no consultório e já agendar e tirar umas dúvidas, quando você estiver respondendo ao questionário da aplicação já responda que você tem os exames médicos. Eu vou tentar me aprofundar mais no assunto para atualizar o post por aqui, espero ter ajudado!

  16. Wandell
    29 de abril de 2019 / 09:36

    Oi Laura, tudo bem?
    Primeiramente digo que seu site é maravilhoso. Melhor post sobre aplicação online ever!
    Queria ver se você poderia sanar minha dúvida: não vou ter o valor completo para comprovação financeira, porém meus pais entraram como sponsor. Você acha que assim é “tranquilo”?

  17. Carolina
    12 de maio de 2019 / 13:16

    Olá, Laura!

    Post incrível e super esclarecedor!

    Apenas uma dúvida, as cartas e documentos de comprovação podem ser em português (mesmo para applications feitas online)?

  18. RICARDO CARVALHO MENEZES
    17 de maio de 2019 / 08:06

    Excelente post obrigado. Tenho 2 dúvidas algum documento deve ser traduzido ou juramentado ? O imposto de renda, extrato , matrícula de faculdade podem.ser em português? Outra coisa posso incluir tanto meu pai ,mãe e irmã como sponsors? Obrigado

    • Laura
      Autor
      8 de julho de 2019 / 22:03

      Oi Ricardo! Então, se voce está aplicando do Brasil seus documentos serão avaliados pelo consulado no Brasil mesmo, então não tem necessidade de tradução. Quanto ao sponsor, colocamos meus pais e também mandamos documentos (imposto de renda, holerites, etc) do Ricardo meu marido. Na época eu não estava trabalhando por isso não mandamos nenhum documento meu, então foi como se ele fosse um sponsor também.

  19. Carolina
    3 de junho de 2019 / 00:46

    Muito obrigada por compartilhar os modelos de cartas que utilizaram! Vou usá-los como base para as minhas.

    • Laura
      Autor
      8 de julho de 2019 / 22:04

      Muito feliz de ler isso, Carolina! Obrigada pelo feedback ♡

  20. Caroline Donato
    3 de junho de 2019 / 08:55

    Oi!
    Usei muito o seu post pra juntar meus documentos e fazer a aplicação. Até salvei nos favoritos.
    Me ajudou demaaais! Estou aqui pra te agradecer. Nossos vistos foram aprovados.
    OBRIGADA! :))))

    • Laura
      Autor
      8 de julho de 2019 / 22:05

      QUE DEMAIS! Feliz que ajudei e deu tudo certo! Bem vindos ao Canada!!

  21. Walianne Fernandes
    3 de junho de 2019 / 12:40

    Meu Deus!
    Que post maravilhoso, estou encantada e agora ainda mais motivada.
    Muito orbiagad, Laura!

    • Laura
      Autor
      8 de julho de 2019 / 22:06

      Muito Obrigada Walianne!! Se tiver alguma dúvida é só mandar que tento ajudar 🙂

  22. Eduardo
    6 de junho de 2019 / 19:09

    Ola Laura!

    Parabens pelo post super organizado.

    Tenho uma duvida pois meu caso e um pouco diferente.
    Eu ja estou aqui em Ontario fazendo o College e vou utilizar o break que tenho agora no verao para voltar ao Brasil e me casar, porem nao entendi muito bem como posso fazer a aplicacao apenas da minha esposa para o Open Work Permit. Pelo fato de eu ja estar no Canada, nao encontrei nenhuma informacao sobre aplicar para o Open Work Permit dela ainda no Brasil para que ela venha morar comigo em 2020. Voce saberia explicar se ha alguma diferenca no processo, por favor?

    • Laura
      Autor
      8 de julho de 2019 / 22:11

      Oi Eduardo! Infelizmente eu não vou saber ajudar no seu caso 🙁 Mas voce já tentou perguntar em algum grupo de brasileiros no canada no facebook? Com certeeeza alguém já passou por essa situação! Provavel que você tera que aplicar apenas para ela e apresentar documentos seus pra comprovar que ela é sua dependente. Mas acho que em algum desses grupos alguem pode te ajudar!

  23. Jorge A.
    21 de junho de 2019 / 02:52

    Olá Laura,

    Eu tenho uma dúvida que não acho resposta em lugar algum.
    fiz a aplicação e fui aprovado no study permit até novembro de 2019, mas como a aprovação ocorreu depois do início das aulas, tive que cancelar o curso e nem cheguei a viajar. Recebi novamente a carta de aceitação da universidade no Canadá, e ainda estou com study permit válido, só que precisarei de um study permit extension. Quando fui aplicar no site a extensão do studypermit , o site informa que eu preciso indicar um Client ID que só é encontrado quando recebemos o study permit realmente, pois até agora eu só recebi uma aprovação no passaporte. Eu preciso entrar no Canadá para ter essa informação na imigração ou daqui mesmo eu poderia pedir essa extensão?

    • Laura
      Autor
      8 de julho de 2019 / 22:16

      Oi Jorge! Que eu saiba você tem que informar o governo que você tem outra carta, já que seu primeiro study permit estava atrelado a sua primeira carta de aceite… Voce chegou a fazer isso?

  24. Ariane
    28 de junho de 2019 / 16:49

    Oi Laura, obrigada pelo post!

    Vc comprovou seu vinculo com o Brasil de alguma maneira? No nosso caso, temos um apto aqui e q não vamos vender por enqto. Acha que vale usar como “comprovação” de vinculo? Nesse caso eu subiria a escritura com uma letter of explanation em documentos opcionais?? O q acha?

    obrigada!!

    beijos

    • Laura
      Autor
      8 de julho de 2019 / 22:17

      Oi Ariane! Minha comprovação de vinculo veio por meio do sponsor (meus pais). Mas acho uma ótima idea colocar o apto de vcs como comprovação de vinculo. Tudo que for bem explicadinho e organizado conta de forma positiva!

  25. Julia
    4 de julho de 2019 / 14:02

    Oi! To adorando as dicas, está me ajudando muito! Mas estou com uma dúvida no IMM5257, pois foi colocado como sendo para histórico de viagens, porém baixei no site do CIC e veio um formulário para residente temporadio. Tem algum formulário que eu deva preencher com o histórico de viagens?

    • Laura
      Autor
      8 de julho de 2019 / 22:26

      Oi Julia! Que estranho, será que eles trocaram o numero do formulario? Você tentou baixar o formulario dentro da sua aplicação?

  26. 13 de julho de 2019 / 15:01

    Fico feliz pelas dicas e recomendações, acabei de chegar de Dubai e estou iniciando o processo de visto para o Canada, e me senti bem informado e satisfeito com este guia.
    Felicitações.

    • Laura
      Autor
      11 de agosto de 2019 / 23:13

      Muito obrigada, Filipe!

  27. Adriana
    19 de julho de 2019 / 06:28

    Laura seu post foi excelente ajudou muito a tirar as dúvidas!!! Muito obrigada

  28. Patricia
    6 de agosto de 2019 / 14:23

    Laura, obrigada pelo post! O único extremamente completo que existe por aí, tira todas as dúvidas que poderíamos ter, está de parabéns!

    • Laura
      Autor
      11 de agosto de 2019 / 23:12

      Ah, muito obrigada! Fico feliz em saber que ajudou 🙂

      • Patricia
        13 de agosto de 2019 / 10:27

        Fiquei apenas curiosa, pois ao responder meu questionário e receber a check list de documentos, está especificado que é necessário que todos os documentos estejam em inglês ou francês, ou que sejam traduzidos para uma das duas línguas, diferente do que foi informado para você, sobre os documentos poderem ser enviados em português. Vou tentar entrar em contato com alguém do consulado que possa me ajudar nessa questão.

  29. Pedro
    7 de agosto de 2019 / 00:42

    Laura, excelente texto, passo a passo vai ajudar muito na aplicação do visto.
    Restou algumas dúvidas, pode ajudar?
    O seu curso é do tipo diploma, certo? Com isso você possui o visto de trabalho de 20h e seu conjuge conseguiu o Open work permit?
    Sabe informar se para os cursos do tipo certificado o conjuge também consegue o open work permit?
    Obrigado e boa sorte no Canada

    • Laura
      Autor
      11 de agosto de 2019 / 23:12

      Oi Pedro, isso mesmo. Posso trabalhar 20h durante o período de aulas e 40h nas ferias. Meu conjuje tem Open work Permit, então ele tem direito a trabalhar full time normal.
      Quanto tempo é o seu curso? Acredito que conseguiria para cetificado também sim, se for numa instituição publica cadastrada. Dá uma olhada no meu post sobre escolher um college no canada: http://inspiramundo.com.br/escolha-instituicao-canadense/

  30. Daniela
    21 de agosto de 2019 / 10:58

    Primeiramente, muito obrigada pelo texto, Laura! É um alívio encontrar algo tão bem feito e tão bem explicado assim quando estamos em meio ao nervosismo e tantas dúvidas do processo. Parabéns! Eu não encontrei no checklist o Police Certificate, é só para o processo online? Ou para a aplicação em papel também é necessário? Obrigada mais uma vez!!!

    • Laura
      Autor
      5 de setembro de 2019 / 14:55

      Oi Daniela! Muito obrigada!! Sobre o police certificate, quando fiz o processo online foi pedido apenas para meu conjuje. Mas adicionei no meu processo também como documentos adicionais só para mostrar que sou do bem hahaha

  31. MICHELLE ROCHA
    6 de setembro de 2019 / 07:27

    Muito bom seu post, Laura! Vai me ajudar muito no processo que eu ja comecei fazer online…
    Obrigada por isso.

    • Laura
      Autor
      9 de setembro de 2019 / 09:11

      Obriga MIchelle! Fico feliz que está te ajudando 🙂

  32. Laura Peliciari
    11 de setembro de 2019 / 10:36

    Olá Laura! 🙂

    Primeiramente, parabéns por esse post maravilhoso, acredito que seja um dos únicos que fala sobre essa situação do SP e do OWP para o cônjuge!! Muito obrigada por compartilhar conosco a sua experiência!

    Eu e meu marido também estamos aplicando para os vistos, porém ele irá estudar e eu tentarei o OWP.

    Tenho uma dúvida sobre as assinaturas da aplicação… Já li em vários lugares mas não consegui esclarecer totalmente.
    No site do governo fala que ao finalizar a aplicação será feita a assinatura eletrônica dos formulários. Entendi que isso é válido para os formulários do SP e do OWP. A minha dúvida é: devo assinar manualmente e escanear os formulários 5707b (na parte que fala que se não temos filhos precisamos assinar abaixo da seção) e 5713E (que no caso eu dou permissão para o meu marido fazer a aplicação por mim também)?
    Essa assinatura eletrônica ao final da aplicação vale para todos os formulários? Não consegui entender isso…

    No mais, obrigada de coração!! No seu post consegui tirar muitas dúvidas que eu ainda tinha…
    Abraços 😀

    • Laura
      Autor
      12 de setembro de 2019 / 13:36

      Oie! Muito obrigada!! E é isso mesmo, os formulários do SP e OWP vão ser assinados eletronicamente quando você salvar, mas sobre a família e a autorização devem ser assinados manualmente e escaneados. Sei que o processo mudou algumas coisinhas, como a digital que estão pedindo agora, mas fico feliz que o post te ajudou mesmo assim! 🙂

  33. Rodrigo Moraes
    18 de setembro de 2019 / 20:35

    Olá Laura,
    Suas informações nos ajudaram muito durante a aplicação do SP e OWP.
    Aplicamos sem consultoria e deu tudo certo!
    Muito obrigado!

    • Laura
      Autor
      25 de setembro de 2019 / 15:59

      Ah, que bom saber que deu tudo certo! Parabéns, Rodrigo!

  34. Alyssa
    24 de setembro de 2019 / 17:12

    Oi LAURA!!

    Que post massa!! Estou fazendo minha aplicação de visto (SP) sozinha, junto com o OWP do marido e SP dos nossos 3 filhos. Vou fazer aplicação em papel pelo VAC. Baixei o pack com os formulários e estou preenchendo, no formulario do OWP do meu esposo eles pedem informações sobre o trabalho que ele irá realizar no Canadá, porém não temos essa informação ainda, visto que o OWP dele estará atrelado ao meu visto de estudos, como faço nesse caso? Sabes de orientar!

    • Laura
      Autor
      25 de setembro de 2019 / 15:59

      Oi Alyssa! Na parte do tipo de visto colocamos OWP e deixamos em branco a parte do formulário que pede detalhes sobre o trabalho no Canada. Na epoca li em sites que essa parte seria somente se você já tem uma Job Offer. Mas como apliquei online e não por papel não tenho 100% certeza se os formulários são iguais. Dá uma ligadinha pro consulado ou manda um email com essa pergunta que eles sempre respondem 🙂 Espero ter ajudado

      • Alyssa
        26 de setembro de 2019 / 17:36

        Obrigada Laura!

        Estava receosa de fazer aplicação online, devido a muitas pessoas falarem que acontece de haver preenchimento errado dos formulários e falta de documentação, mas que pelo VAC eles conferem se ta tudo ok com sua documentação antes de enviar (meio que orientam). O que você acha? meu inglês ta ok caso eu vá fazer online, to pensando nessa hipótese agora por achar mais rápido e prático, já que não tem VAC na minha cidade e vou ter que me deslocar até la…

        • Alyssa
          28 de setembro de 2019 / 18:58

          Laura, outra duvida que me surgiu quando respondi o questionário, temos 3 filhos, respondi tudo deles e no proposito da viagem coloquei estudos acima de 6 meses, então na lista de documentos eles pedem as cartas de aceitação, mas eles não tem, visto que estão me acompanhando, então o que devo colocar nesse campo?

  35. Mariana Reck
    18 de outubro de 2019 / 21:04

    Oi Laura! Adorei este post. Super esclarecedor. Não sabia que o cônjuge que vai com o OWP tb pode ser sponsor. Seu marido manteve o emprego dele aqui? Para comprovar a renda dele como sponsor? Poderia esclarecer melhor? Obrigada!

    • Laura
      Autor
      23 de outubro de 2019 / 11:50

      Oi Mariana! Sim, ele manteve o emprego dele remoto até conseguir um por aqui. Nos ajudou muito!

  36. Jhessica
    22 de outubro de 2019 / 17:37

    Ola Laura, tudo bem? Achei que seu nome foi um aviso dos Céus, minha avó se chamava Laura e ela sempre apoiou meus sonhos…
    Eu tenho uma dúvida, a única diferença da sua aplicação para a minha é que quem vai custear e comprovar renda sou eu, eu não tenho sponsor, a renda comprovada estará na minha conta.
    Eu mesmo tendo como comprovar a renda preciso de um sponsor?
    Um beijinho.

    • Laura
      Autor
      23 de outubro de 2019 / 11:51

      Oi Jhessica, claro! Acho que é até melhor comprovar por conta própria! Adorei a coincidencia do nome haha

  37. Laura
    28 de outubro de 2019 / 20:08

    Oi, Laura.

    Parabéns pelo seu tutorial de como tirar o visto, está muito bom e detalhado!
    Tenho uma dúvida.
    Eu paguei as taxas do college e meu sponsor vai ser responsável por todo o resto das minhas despesas.
    Como o pagamento do curso foi feito por mim, eu preciso comprovar na aplicação que eu que paguei?

    Muito obrigada, querida!

    • Laura
      Autor
      30 de outubro de 2019 / 11:27

      Oi, Laura! Então, como foi você que pagou o college, acho que o ideal seria voce fazer uma carta explicando e colocar seus documentos (como holerites, imposto de renda, comprovantes do banco, etc) além dos do sponsor. Nós fizemos isso, mandandos documentos do meu pai, que seria o sponsor e também do Ricardo, meu marido que estava vindo junto pra cá. Espero ter ajudado!

  38. Juliana Borges Soares
    1 de novembro de 2019 / 17:56

    Oi Laura, você saberia me informar se o cônjuge que vai com o visto de trabalhar depois pode mudar para estudar também? Muito obrigada desde já.

  39. maria solange
    2 de novembro de 2019 / 20:46

    Parabens pelo Post ajudou bastante. So tenho uma duvida se caso for com job offer para work permit e somente seguir os mesmo passo a passo? obrigada por compartilhar sua experiencia.

  40. Rafael
    7 de janeiro de 2020 / 23:42

    Olá, Laura!

    Ótimas informações! Segui o seu passo a passo, decidimos vir no fim de março de 2019, e no dia 3 de setembro chegamos aqui! Deu tudo certo!

    Ah, uma informação que eu descobri apenas depois e que pode ser relevante para quem estiver fazendo o processo: CUIDADO na chegada! Se o seu curso já começou e você chegar depois, eles podem entender que você pretende se manter como imigrante ilegal por aqui, pagando um termo e abandonando depois, e podem decidir barrar sua entrada. Eu não sabia disso, cheguei no primeiro dia de aula. No meu caso correu tudo bem.

    Valeu!

    • Laura
      Autor
      9 de janeiro de 2020 / 12:20

      Que legal Rafael! Sucesso pra voces aqui no Canada! Boa essa informação, não tinha conhecimento, ainda bem que deu tudo certo pra voces! 🙂

  41. Rhayane
    6 de fevereiro de 2020 / 10:40

    Excelente post! Sei que os documentos e carta de intenção podem ser em português… E quanto ao preenchimento dos formulários, tb podem ser em português?

  42. Thamires
    12 de fevereiro de 2020 / 12:53

    Oi, Laura! Que legal seu post! Obrigada por dedicar seu tempo em ajudar 🙂
    Sei que o processo mudou um pouco desde a sua aplicação mas talvez você ou alguém por aqui possa me ajudar.

    Meu esposo e eu demos entrada no processo de vistos para Study Permit e Open Work Permit. Optamos pela aplicação online e por realizar o exame médico upfront. Reunimos toda a documentação, agendamos o exame e, até aí, tudo ok.
    Um dos documentos solicitados na nossa aplicação foi o “proof of upfront medical exam”. Sem ele minha aplicação está incompleta, certo!? Pelo que li aqui, esse documento o médico nos fornece quando realizamos o exame, né!?
    Agora temos que fazer também a biometria. Acontece que o VAC e o médico credenciado mais próximos estão a quase 500 Km da cidade onde moramos. Queríamos aproveitar a viagem para fazer as duas coisas no mesmo dia (poupando tempo e $). Mas aí que tá minha angústia.
    Sem o “proof of upfront medical exam” não posso aplicar e, sem a aplicação completa, eu não consigo pagar as taxas da biometria que são geradas somente ao submeter a aplicação. O site pede 24 horas para processar o pagamento e enviar a carta que devemos levar até o VAC para coleta de biometria. Dessa forma, não daria tempo de fazer o exame, aplicar, pagar e coletar a biometria no mesmo dia 🙁

    Você conhece alguém que conseguiu ou que encontrou alguma solução pra isso?

    Abraço!

    OBS. No site do governo fala também que se eu ainda não tiver feito o exame médico eu posso enviar uma prova de que marquei uma consulta. Eu solicitei um comprovante para a clínica que agendei, mas me disseram que o único que forneciam era o e-mail que nos falamos para agendamento. Não queria arriscar colocar uma conversa de e-mail como prova para esse documento. 🙁

  43. Gustavo
    20 de março de 2020 / 15:33

    Parabéns pelo post, realmente muito completo!

    Se você conseguir me tirar as seguintes duvidas, ajudaria ainda mais!

    1 – No “proof of financial” eu preciso demonstrar o dinheiro todo da estadia (tuition + CAD$10,000 por ano) em conta? Pois no meu caso, quem vai patrocinar é o meu pai, e ele tem esse dinheiro diluido em diversos investimentos (propriedades no nome dele, investimentos em ações, poupança, dinheiro em conta, etc…). Nesse caso também serve mostrar todos esses investimentos?

    2 – No questionario, a parte sobre “essential work”… No meu caso, meu curso de mestrado tem co-op opcional, porém pretendo me inscrever. Devo responder sim, ou mesmo respondendo não eu consigo fazer o co-op?

    3 – No seu caso você fez o exame quando requisitado, mas agora que é upfront, tem ideia se ainda demora até 9 semanas como no seu caso? (pois agora, com o coronavirus, está tudo sendo adiado, e estou começando a ficar preocupado com o tempo para o visto sair)

    Obrigado pela ajuda!

    • Gustavo
      20 de março de 2020 / 15:39

      Ahh sim, só mais uma coisa:

      Não estou trabalhando no momento… nas partes onde pergunta minha ocupação, coloco unemployed mesmo ou tem um termo que pega menos mal? hahahaha (ou isso não faz diferença?)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

instagram | @lauramogkf